Moderno, confortável e com o seu jeito! Um jeito rápido e fácil de mudar seu guarda-roupa!

Arquivo da categoria: Dicas

large (8)

Passaram-se 9 meses e finalmente você vê o rostinho daquele pedacinho de gente que habitava um outro mundo até dias atrás. Com o nascimento do bebê, lições e cuidados essências devem ser tomados, afinal, nessas primeiras semanas ele ainda está se adaptando ao lado de fora da barriga da mãe.

Confira algumas dicas para levar essa fase da melhor maneira!

O Choro: Até os 4 meses eles choram frequentemente, por fome, cansaço, irritação, fralda suja, calor ou frio. E é algo natural, lembre-se que chorar é o único meio de comunicação dele com você.

Cólicas: São um pesadelo para os pequeninos, porém fazem parte do processo de adaptação do sistema digestivo deles. Recomenda-se não usar medicamentos ou produtos naturais para aliviar as dores. Amamentá-lo nos horários corretos ajuda a aliviá-las. Vale também, aquecer a barriguinha e colocá-lo na posição fetal.

Como segurá-lo?  Apoie-o de maneira que a cabeça e as costas do bebê fiquem seguras entre seu cotovelo e antebraço.

Hora do sono: A posição ideal é a de barriga para cima, porém não se esqueça de esperar que ele arrote antes de deitá-lo.

Visitas: Todos querem conhecer seu filho, mas é preciso que você “dite” algumas regras, como nada de beijos e pedir que eles levem bem as mãos, aglomerações também devem ser evitadas em torno da criança, isso pode estressá-la.

Cordão umbilical: É importante que você o limpe diariamente até cair.

Quando amamentá-lo? O bebê é quem decide a hora exata de mamar, mas geralmente costuma ser de 7 a 8 vezes ao dia, o que dá em média uma mamada a cada 3 horas, porém não há uma regra que especifique os intervalos de alimentação dele.

Anúncios

Pai e filho

 

Ser pai é um momento de descoberta. Diferentemente das mulheres, os papais não engravidam, não sentem as dores do parto e não amamentam, porém isso não faz com que o amor deles seja menor.

É importante que se preparem desde a concepção para que naveguem junto com as mães nessa aventura e universo de novas sensações que trás a gestação. O homem, assim como a mulher, não nasce pai, se torna pai, portanto buscar estreitar os laços com seu filho antes mesmo do nascimento é essencial para a relação de vocês.

Atualmente existem cursos preparatórios durante a gravidez que os pais podem ir com suas as parceiras e aprenderem pontos para sentirem os bebês se movimentando dentro da barriga.

Dicas para os papais:

Gravidez: Não entre em pânico quando descobrirem que estão esperando um filho, conversem, planejem e estabeleçam uma relação saudável entre vocês para não prejudicar a criança.

Nascimento: Quando o médico lhe mostrar o rostinho do seu filhote, não tenha medo da fragilidade, nem fique paranoico. É importante que você seja o ponto de referencia em tranquilidade para a mãe e o bebê.

Cuidados: Tenha sempre os telefones do pediatra ou hospital que seu filho passa, caso ocorra algo, isso facilita a comunicação.

Desabafe: Converse com a esposa, amigos e família sobre sua experiência e como tem encarado essa nova fase da sua vida.

Seja presente: Os pais costumam servir de modelo para os filhos. Fazer parte do crescimento, apoia-los e dialogar com eles é fundamental para a criação de uma estrutura familiar estável.

Se doe: Aproveite seu pequeno, ame, brinque, se divirta com ele. Ser pai é algo único e quem aproveita carrega boas lembranças para sempre.


IMG_2661

O pavor de muitas mulheres durante a gestação é o surgimento das temidas estrias, porém se alguns cuidados prévios forem tomados elas podem ser amenizadas ou evitadas. Vale lembrar que as estrias estão ligadas a fatores hereditários, ou seja, se sua mãe e avó as tiveram durante a gravidez é provável que você também venha a ter.

Confira algumas dicas para ficar longe das vilãs do corpo feminino:

Primeiramente, o que são estrias?

– São cicatrizes que aparecem devido ao rompimento da fibra elástica e do colágeno ocasionadas pelo estiramento rápido da pele e mudanças hormonais nesse período.

Como preveni-las?

– Use e abuse dos cremes recomendados pelo seu médico. Como a pele fica muito ressecada isso aumenta as chances do surgimento das estrias, os hidratantes e principalmente os óleos vegetais colaboram para que ela suporte o crescimento repentino.

Predisposição?

– As mulheres que estão mais propensas ao surgimento das estrias, podem diminuir o rompimento da pele, mas não evita-lo, porém o tratamento com amêndoas continua a ser essencial.

Pode passar cremes/óleos nos seio?

– Os seios também sofrem com o surgimento das estrias, os cremes podem ser passados nessa região, mas é importante evitar os mamilos, pois estão se preparando para amamentação.

Questão de peso!

– O ganho de peso é outro fator que colabora com o surgimento das estrias, por isso é indicado pela OMS que as mamães engordem de 12 a 13 quilos durante os 9 meses.

Roupas!

Use roupas confortáveis e que não incomodem durante a gestação, evite também, coçar as regiões do abdômen, seios e pernas.


 

 

MaisCom as novas tecnologias em ascensão, é cada vez mais difícil impedir que crianças interajam com elas, porém cabe aos pais controlarem o acesso a determinadas informações. Pesquisas apontam que ao ver vídeos infantis em canais, como o Youtube, elas ficam de dois a quatro cliques de conteúdos adultos. As redes sociais também são outro impasse, com muitos jogos disponíveis, são atrativas e o papel da família, nesse caso, é monitorar quem são as pessoas que fazem parte do círculo de amigos dos pequenos.

Orientá-los quanto aos perigos da internet é essencial para que sejam usuários responsáveis. Apresentar a eles sites com conteúdos interativos e lúdicos colabora com o desenvolvimento cultural, perceptivo e o torna mais curioso.

Plataformas digitais como jogos de perguntas, bilíngues, programas animados e livros são as ferramentas mais indicadas para a iniciação da criança nos computadores, pois além de serem divertidas e educativas essas atividades exigem atenção para que sejam realizadas.

Lembre-se!

Instale um programa antivírus em seus aparelhos, isso evita que as maquinas sejam danificadas.

Atualmente existem programas “espião”, sua utilidade é monitorar os conteúdos gerados a partir do seu computador, se as crianças o utilizam com frequência, vale a pena instalá-lo.

 


Bebe PC

Com o avanço tecnológico os meios de informação já não são como antes. Radio e televisão passaram a ser, apenas, mais uma opção para o consumo de noticias e entretenimento. Computadores, celulares e agora os tablets são introduzidos cada vez mais cedo na vida das pessoas, incluindo as crianças. Falando nelas, atualmente muitos estudos comprovam que com o tempo administrado da maneira correta, o publico infantil só tem a ganhar com o uso dessas ferramentas.

O ideal é que os pais proporcionem atividades condizentes com a idade dos pequenos, com a quantidade de conteúdos gerados diariamente na web é necessário que eles escolham o que os filhos jogam e leem, colaborando para que desenvolvam maneiras de explorar seu intelecto e construam valores humanos e éticos, ou seja, monitorar o que seu filho acessa é essencial para que a internet seja mais um passo na construção de seu caráter.

Educação e tecnologia são campos que se relacionam, por isso é essencial que haja não apenas a introdução dos computadores nas salas de aulas, mas também a contextualização desse processo no dia a dia delas.

As crianças de hoje serão o futuro de amanhã, por isso conecta-las e acostuma-las a esse universo funciona como uma escada na formação de cidadãos incluídos digitalmente.


IMG 208

A descoberta da gravidez é, na maioria dos casos, o momento mais feliz na vida da mulher, mas muitas vezes (principalmente para mamães de primeira viagem), os devidos cuidados não são tomados no inicio da gestação.

Assim que o resultado do exame atestar positivo é preciso que procure seu médico para iniciar o acompanhamento pré-natal. Os três primeiros meses são os mais delicados, pois até a 14º semana as chances de sofrer um aborto espontâneo são mais altas, ou seja, esse período exige um cuidado mais especial e a presença do especialista colabora para a avaliação de possíveis situações de risco para mãe e filho, além disso, ele vai orientá-la sobre hábitos alimentares e mudanças ocorridas no estado gestacional.

Previna-se!

– Só utilize medicamentos recomendados pelo obstetra.

– Cremes que contém ácido retinóico, não devem ser usados, pois passam para o leite e causam a malformação do feto.

– Fumantes precisam abandonar o vício ou, ao menos, reduzi-lo para até quatro cigarros ao dia.

– Diminua o consumo de cafeína, chocolates e refrigerantes a base de cola.

– Atribua uma dieta saudável ao seu cardápio, evite gorduras e alimente seu bebê com frutas, legumes e verduras.

E para você pretende engravidar, vale a pena tomar cuidados como: Fazer exames prévios de doenças que possam prejudicar a formação do bebê ou colocar a vida de um dos dois em risco.


IMG 164a

Aos 8 meses algo começa a mudar na vida dos bebês. Esta é uma fase onde eles passam a ser mais perceptivos e os pés tornam-se atrativos. É normalmente nesse momento que começam a se levantar sem ajuda e se apoiam em móveis e paredes.  Em média, aos 11 meses passam a ficar de pé sem apoio, distanciando as perninhas e abrindo os braços em busca de equilíbrio. Assim são dados os primeiros passos.

Esse é um estágio importante na vida da criança. É quando ela se torna mais confiante e independente dos pais, porém alguns cuidados devem ser tomados para não tornar esse momento tão especial em neura.

Deixe-os cair: As quedas fazem parte do aprendizado, não se assuste, ajude-o a levantar.

Adapte a casa: Tenha cuidado com objetos pontiagudos e com as quinas dos móveis, é aconselhável que as proteja.

Estímulos táteis: Permita que ele ande descalço, isso o ajuda no reconhecimento das texturas do solo (Gramas, pisos lisos e rústicos), e a notar o próprio corpo enquanto caminha.

Andadores: Evite o uso de andadores circulares, pois eles podem causar atraso no desenvolvimento motor da criança.

Incentive: Faça o bebê ir até você, isso colabora para que ele se sinta mais seguro.